Conheça mais sobre a esteatose hepática e saiba como se proteger

Não praticar exercícios físicos, comer mal e descuidar da saúde de maneira geral podem trazer consequências que a gente nem sequer imagina. Uma delas é a esteatose hepática, uma doença muito comum que afeta o fígado e pode levar a quadros bastante graves – inclusive câncer. “A esteatose hepática é o acúmulo de gordura no fígado e estima-se que sua incidência seja de 30% em todo o mundo. Ela pode evoluir para doenças crônicas e está diretamente relacionada ao estilo de vida”, alerta a hepatologista Bianca Della Guardia, da equipe de transplante hepático do Hospital Israelita Albert Einstein.

Para alertar sobre esse mal perigoso e silencioso (os primeiros sintomas só aparecem quando já há complicações), o Hospital Israelita Albert Einstein está participando do Nash Day (12 de junho), dia de conscientização da esteatose hepática que ocorre em diversos países. Única instituição brasileira na campanha, o Einstein terá na sua programação aulas com profissionais de diversas áreas que trarão dicas de cuidados com a saúde, divulgação de vídeos e um talk show com o humorista e apresentador Rafael Cortez, embaixador da causa. A programação completa será divulgada nas redes sociais do hospital.

Veja, abaixo, as principais informações sobre a esteatose hepática e saiba como se proteger.

Doença perigosa, acúmulo de gordura no fígado está relacionado ao estilo de vida — Foto: Arte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here