Chá para emagrecer: nutricionista revela 6 melhores para ter resultado. Ao acordar, depois das refeições ou antes de dormir. O chá faz parte da vida da maioria das pessoas, sendo hoje uma das bebidas mais consumidas no mundo. É feito tradicionalmente com a infusão de folhas em água quente e conhecido por oferecer diversas vantagens à saúde.

Primeiramente, Sabrina Lopes, nutricionista e personal diet, revela que cada chá oferece benefícios diferentes para a saúde. Por isso, ela revela os 6 melhores chás para complementar sua dieta.

Abaixo, a nutricionista cita aqueles que podem ser aliados de quem deseja perder peso:

1. Chá verde

Sabrina explica que a Camellia Sinensis é uma erva que auxilia muito nesse processo de emagrecimento. “A partir dela são feitos os chás branco, verde e preto, que se diferem pelas condições de cultivo, preparo e acondicionamento da planta”, diz.

“O chá verde, o mais conhecido, é obtido a partir de um processo de pouca oxidação da planta, e é levemente fermentado”, destaca a nutricionista.

De gosto amargo, seu poder de emagrecimento se deve especialmente à presença de cafeína e catequinas que aceleram o metabolismo, fazendo com que o organismo gaste mais energia. Além disso, ele facilita a digestão, ajuda a regular o intestino e combate a retenção de líquidos no organismo.

O chá verde é encontrado à venda em ervas (geralmente, a opção mais recomendada), em saquinhos (sachês), em pó e até em cápsulas. Existem ainda algumas versões prontas para beber, mas estas, de forma geral, são menos eficazes.

Como preparar o chá verde:

Coloque 1 litro de água para ferver e assim que surgirem as primeiras bolhas, apague o fogo. Acrescente 1 ou 2 colheres de sopa da erva do chá verde. (O ideal é começar com 1 colher, pelos menos até você se acostumar com o sabor do chá). Depois, abafe por 2 ou 3 minutos. Coe e tome.

2. Chá preto

Feito também das folhas da Camellia Sinensis, o chá preto, em comparação ao verde, é mais forte e fermentado, e sofre uma maior oxidação, de acordo com Sabrina.

Como o chá preto passa por um processo de fermentação maior, possui ação antioxidante menor do que os outros dois chás (verde e branco) e bastante cafeína. Portanto, contribui para a perda de peso, já que acelera o metabolismo.

Devido à cafeína, e se consumido em quantidades adequadas, diminui a sensação de fadiga e sonolência, já que possui propriedades excitantes, e estimula o cérebro, além de ajudar na digestão.

O chá preto é encontrado à venda geralmente em ervas e em saquinhos (sachês).

Como preparar o chá preto:

Coloque 1 litro de água para ferver e espere que surjam as bolhas (que a água esteja fervendo), então apague o fogo. Acrescente 1 ou 2 colheres de sopa da erva. Depois, abafe por 3 a 5 minutos. Coe e tome.

3. Chá branco

Sabrina explica que o chá branco é feito da infusão das folhas jovens da Camellia Sinensis, sem processo de oxidação.

Como a planta não passa por fermentação, possui ação antioxidante mais forte, porém, menor quantidade de cafeína.

Sua potente ação antioxidante é decorrente das catequinas presentes em grandes quantidades neste chá. Assim, o consumo adequado pode ajudar a prevenir o câncer, doenças cardiovasculares e cerebrais degenerativas, além de ter ação anti-inflamatória e proteger o fígado.

Embora possua menos cafeína do que o chá verde e o preto, pode ajudar no processo de emagrecimento com sua ação termogênica.

De acordo com Sabrina, o chá branco é encontrado à venda, de forma geral, em ervas, em saquinhos (sachês) e em pó.

Como preparar o chá branco:

Coloque 1 litro de água para ferver e espere até que surjam as primeiras bolhas e já apague o fogo. Acrescente 1 ou 2 colheres de sopa da erva. Depois, abafe por 4 a 8 minutos. Coe e tome.

4. Matchá

De acordo com Sabrina, atualmente ouve-se falar muito do Matchá, que também é feito da Camellia Sinensis. “Mas o processo de produção é diferente, ele é elaborado com folhas mais novas que são trituradas lentamente e reduzidas a pó, preservando mais a clorofila, aminoácidos e L-theaninas”, diz.

O chá é rico em flavonoides e cafeína, que são considerados termogênicos (ou seja, aumentam o metabolismo) e têm propriedades antioxidantes (retardam o envelhecimento das células).

O Matchá apresenta alta concentração de aminoácidos devido à sua forma de produção, e estes são essenciais para a manutenção dos músculos do corpo. Exatamente por isso o chá é reconhecido atualmente por ajudar no processo de recuperação após fadiga muscular, sendo um aliado dos praticantes de atividades físicas.

Como preparar o Matchá:

Ele é encontrado em pó, use 1/2 colher de chá de Matchá para 50 ml de água. Ferva a água separadamente (mantenha a temperatura na média de 70ºC). Adicione o pó de Matchá na sua xícara e depois despeje a água quente, mexendo até diluir o chá. Ou ainda, siga as instruções da embalagem do produto.

5. Chá de carqueja

De acordo com Sabrina, a carqueja é outra planta que pode auxiliar no processo de emagrecimento. “O chá é feito em infusão com as hastes da planta, possui um gosto amargo. Ela é indicada para auxiliar no emagrecimento por ter efeitos diuréticos e laxantes. Também é usada para combater problemas hepáticos, digestivos e no controle da diabetes”, diz.

O chá de carqueja costuma ser vendido em ervas e em saquinhos (sachês).

Como preparar o chá carqueja:

Coloque ½ litro de água para ferver e quando ela atingir o ponto de fervura, desligue o fogo e acrescente 2 colheres (sopa) de folhas da planta. Abafe o chá por alguns minutos, deixe amornar, coe e beba.

6. Chá de hibisco

“O hibisco também é um queridinho quando se fala em emagrecimento, porque ele acelera o metabolismo estimulando a queima de gordura, possui efeitos diuréticos, laxantes e também calmantes”, explica Sabrina.

“Além disso, esse chá previne a diabetes, diminui os níveis de colesterol e triglicérides”, acrescenta a nutricionista.

O chá de hibisco é encontrado na forma de ervas (geralmente, a opção mais recomendada), em saquinhos (sachês), em pó e até em cápsulas.

Como preparar o chá de hibisco:

Coloque para aquecer 1 litro de água, quando chegar no ponto de fervura, desligue o fogo e acrescente 2 colheres (sopa) de hibisco. Deixe descansar de 5 a 10 minutos, depois coe e beba.

Não faltam chás que podem dar uma forcinha no emagrecimento! Para saber qual é o mais indicado para o seu caso, o ideal é contar com as orientações de um nutricionista.

Vale destacar que, todos esses chás, por mais que ofereçam benefícios, devem ser consumidos sem exageros.

“É necessário ter cuidado com excessos, o ideal antes de consumir qualquer tipo de chá com intuito terapêutico é procurar um médico ou nutricionista”, destaca Sabrina.

Escrito por: Tais Romanelli | Dicas de Mulher

Sabrina Lopes, nutricionista

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here