O jambo é uma fruta oriunda de uma árvore tropical denominada jambeiro e que é originária da Índia, ainda que já esteja amplamente distribuída. Existem algumas variedades do alimento como o jambo-rosa, o jambo-amarelo, o jambo-vermelho e o jambo-branco. Porém, esta última é bastante rara de ser encontrado em nosso país.

Além disso, o jambo é parente de frutas bastante conhecidas por aqui no Brasil como a goiaba, a pitanga, o melão, a jabuticaba e outras frutas tropicais.

5 benefícios do suco de jambo

Vamos conhecer melhor uma bebida feita a partir da fruta – o suco de jambo – e descobrir alguns benefícios atribuídos a ele, além de aprender como preparar a sua receita.

1. Fonte de nutrientes

O suco de jambo pode ser considerado nutritivo porque a fruta serve como fonte de uma série de nutrientes que são importantes para o funcionamento do nosso organismo.

A lista inclui carboidratos, cálcio, magnésio, fósforo, ferro, potássio, vitamina A, vitamina B3 e vitamina C.

2. Auxílio à prevenção da diabetes do tipo 2

De acordo com o Jornal da Unicamp, uma pesquisa de doutorado realizada pela nutricionista Ângela Giovana Batista na Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA) da instituição feita com camundongos sugeriu que o jambo pode contribuir com a prevenção da diabetes.

A nutricionista contou que a fruta possui quantidades expressivas de polifenóis, compostos que estão associados a benefícios contra doenças metabólicas, como é o caso da diabetes.

Ela também explicou que durante seus experimentos alimentou camundongos com dietas de baixa e alta concentração de gordura, suplementadas com a casca da jabuticaba e a polpa do jambo-vermelho por 10 semanas.

Após o tratamento os animais apresentaram melhoras em marcadores da obesidade como a diminuição da massa corporal gorda, maior resistência à insulina periférica, redução de marcadores anti-inflamatórios e a elevação da defesa antioxidante. A nutricionista esclareceu que todos esses fatores estão associados com a prevenção da diabetes do tipo 2.

No entanto, antes de tomarmos isso como um benefício concreto do suco de jambo, na sua versão vermelha, precisamos levar em conta que a pesquisa foi feita com animais, não com pessoas, e avaliou a polpa da fruta e não o seu suco.

3. Ajuda a melhoria da memória

O mesmo estudo também investigou como a jabuticaba e o jambo podem influenciar a questão da memória, revelou o Jornal da Unicamp. A nutricionista contou ao site que no começo das pesquisas, ela e seus colegas observaram que o hipocampo que comanda a memória e o aprendizado sofria danos oxidativos por conta da alta produção de radicais livres em decorrência de uma dieta rica em gorduras.

Para verificar como a suplementação com o jambo-vermelho e a jabuticaba dada aos camundongos poderia afetar a memória, Ângela e seus colegas executaram um teste chamado de labirinto aquático de Morris, em que durante cinco dias os bichinhos foram treinados a achar uma plataforma escondida em uma piscina, informou o Jornal da Unicamp.

A pesquisadora contou que no último dia a plataforma foi removida e os animais que tinham recebido a suplementação das frutas nadavam exatamente até o local onde a plataformal estava enquanto os outros, que não receberam a mesma suplementação, nadavam perdidos e sem rumo.

Mais uma vez, lembramos que a pesquisa foi feita com animais e avaliou a polpa da fruta, em sua versão vermelha, e não o seu suco.

4. Efeito diurético

A medicina popular brasileira e do sudeste asiático prega que o jambo também fornece um efeito diurético ao organismo, ou seja, estimula a eliminação de líquido do corpo por meio da urina.

Isso pode ser útil para as pessoas que sofrem com o indesejável inchaço causado justamente pela retenção de líquidos no corpo.

5. Fonte de vitamina C

Estima-se que uma porção de 100 g de jambo traga 20 mg de vitamina C. De acordo com o que informou o Centro Médico da Universidade de Maryland, esse nutriente não pode ser estocado pelo organismo e, portanto, deve ser obtido por meio da alimentação.

O órgão também explicou que a vitamina C é necessária para o crescimento e reparação dos tecidos de todo o corpo, para a absorção de ferro, a reparação e manutenção de ossos e dentes, o processo de cura de feridas e a produção de colágeno.

Segundo o centro médico, o colágeno é uma proteína utilizada para a formação de pele, tendões, cartilagem, ligamentos e vasos sanguíneos no organismo.

Além disso, o órgão informou que a vitamina C também é um antioxidante, ou seja, contribui com o combate dos radicais livres, substâncias maléficas ao organismo que danificam o DNA e cujo acúmulo pode contribuir com o envelhecimento e com o desenvolvimento de doenças como câncer, doença no coração e artrite.

Como fazer – Receitas de suco de jambo

1. Suco de jambo natural

Ingredientes:

  • 4 unidades de jambo;
  • 500 ml de água;
  • Açúcar ou adoçante a gosto.

Modo de preparo:

Lavar bem os jambos e remover as suas sementes; Levar as frutas ao liquidificador com a água e o açúcar ou adoçante a gosto e bater bem. Se quiser uma bebida bem geladinha, adicionar algumas pedrinhas de gelo ao suco batido, e servir-se imediatamente.

1. Suco de jambo com mel

Ingredientes:

  • 4 jambos;
  • 500 ml de água;
  • Mel a gosto.

Modo de preparo:

Lavar bem as frutas, retirar as suas sementes e picar os jambos em pedaços; Levá-las ao liquidificador, acrescentar a água e o mel. Bater bem, colocar pedrinhas de gelo, se assim desejar, e servir-se imediatamente.

Atenção: é importante tomar o suco de jambo imediatamente depois do seu preparo porque a bebida pode perder logo as suas propriedades nutricionais e, portanto, os seus benefícios. O chamado processo de oxidação que acontece por meio do calor e da exposição ao oxigênio e à luz pode fazer com que certos nutrientes percam a sua eficácia.

Por isso, quando não for possível tomar o suco na hora em que ele for feito, a sugestão é armazená-lo em garrafas escuras muito bem vedadas para evitar ou atrasar o processo.

Fonte: https://www.mundoboaforma.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here